Depoimentos

Compartilhe





GAROTINHO! Professor José Carlos Araújo, meu professor eterno dos anos 60, uma lembrança muito grande que tenho e que ajudou muito na minha formação como pessoa e como profissional. Você é um patrimônio do nosso esporte, um patrimônio da nossa educação”

Oswaldo de Oliveira, Técnico de Futebol, ex-aluno e amigo do José Carlos Araújo

 

É fácil falar do meu amigo José Carlos Araújo, meu companheiro, meu compadre, padrinho do meu filho Bruno. Uma amizade que tem mais de trinta anos, conheci o Garotinho começando na Rádio Globo, ele transmitia jogos de juvenis e foi sempre um vitorioso, desde cedo o Garotinho galgando degrau por degrau essa trajetória de sucesso que conduziu a ser hoje o maior narrador esportivo do país. Tive a felicidade de trabalhar com ele por mais de vinte anos juntos na Rádio Globo e na Rádio Nacional sempre dividindo as alegrias, as tristezas e as obrigações, um parceiro muito eficiente e querido. Nossas famílias se entrelaçarão, nossas esposas se tornaram muito amigas o que facilitou muito esse nosso convívio e assim tivemos uma parceria incrível, não sei se outros parceiros foram tão juntos, tão fieis e tão amigos quanto eu e o Garotinho.

Eu estou na Rádio Tupi há dezesseis anos e em quinze anos e meio eu pedi a contratação dele e tivemos uma série de reuniões e a única que eu não fui ele assinou o contrato, eu fiquei muito feliz em reestabelecer essa parceria com o Zé que veio agregar muito valor aqui a nossa equipe que já era líder de audiência e agora mais ainda com a chegada dele. Trabalhar com o Zé é muito fácil, ele é perfeccionista, super antenado em tudo que acontece em torno dele, não se limita a narrar o jogo e se preocupa com tudo que está acontecendo em volta, com isso dá a todo mundo um sentido profissional mais agudo. O Zé é uma figura extraordinária e eu sou um fanzaço dele.

Washington Carlos Nunes Rodrigues, também conhecido como Apolinho ou Velho Apolo é radialista, jornalista esportivo, atuou como técnico do Flamengo e é amigo do Garotinho.

 

Trabalhar e ser amigo do Zé Carlos é um prazer sem tamanho. Eu trabalho a poucos meses, mas conheço o Zé Carlos desde o dia que ele começou a fazer futebol, porque eu tenho 61 anos de rádio, 10 anos como repórter esportivo e 51 dirigindo emissoras de rádio e televisão, mas a amizade que nós temos é muito grande porque ele sabe fazer amizades. Ele como eu tivemos um professor chamado Waldir Amaral, grandes escolas que nós tivemos e o Zé Carlos é um caso raro porque eu não conheço uma pessoa em toda a carreira do Zé que tenha algo para falar dele.

Para mim ele é um fenômeno, uma figura que não tem um inimigo. Eu e a família Tupi estamos idolatrando o trabalho do Zé Carlos. É uma figura trabalhadora, cavador, tremendo comerciante, ele é uma escola. É difícil encontrar uma pessoa como JOSÉ CARLOS ARAÚJO.

ALFREDO RAYMUNDO, amigo do José Carlos Araújo.

 

 


Compartilhe

Deixe seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *