Bruno Azevedo

Compartilhe

POLÊMICA NA COLINA!

Seis jogos sem mando de campo e interdição de São Januário mantida. Assim o Vasco irá pagar pela selvageria de uma minúscula e prejudicial parcela de sua gigante torcida.

Não irei aqui entrar no mérito da pena, mas não posso deixar de falar a respeito da prorrogação da interdição do estádio vascaíno, medida que soa descabida se formos levar em conta a forma como os atos de vandalismo ocorreram naquela fatídica noite de 08 de julho.

No próprio julgamento realizado no STJD, a procuradoria concluiu que os episódios de violência ocorreram por falhas na prevenção e reprimenda à desordens, além da falta de logística necessária para garantir a segurança dos presentes num jogo daquele porte. Exemplo claro foi o uso de fogos de artificio por alguns bandidos travestidos de torcedores contra os jogadores rubro-negros.

Ora, se houve negligência do clube no que diz respeito aos procedimentos de segurança no clássico, onde está a “culpa do estádio?”

Já a afirmação de que “São Januário oferece risco de invasão ao gramado” cai por terra num simples passeio por qualquer arena construída com grana superfaturada para a Copa dos 7 a 1, onde o modelo Fifa padroniza esses estádios com pequenas muretas que separam o público dos jogadores.

Em suma, o mais seguro dos quartéis, com os maiores muros e farto material bélico, será facilmente violado caso não haja sentinelas no portão!

 

FOGÃO VALENTE!!!

A vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Sport de Vanderlei Luxemburgo na última segunda-feira, no Estádio Nilton Santos, veio ratificar o bom trabalho do técnico Jair Ventura e sua capacidade em superar adversidades.

Num jogo onde sobrou dedicação dos dois lados, o time do goleiro Jefferson, mesmo errando muito no primeiro tempo e perdendo o lateral Arnaldo logo nos primeiros minutos de bola rolando, voltou para a etapa complementar com postura modificada e com substituições pontuais nos minutos seguintes. Méritos de um treinador que, de forma gradativa, vem conquistando espaço de destaque num meio onde, até pouco tempo, novidade era palavra desconhecida.

Que venha o Atlético-PR!!!

 

MAIS UMA DECISÃO

Após o empate meio frustrante com o Cruzeiro no fim de semana, o Flamengo tem um jogo importante para permanecer no G4 do Brasileirão. O adversário será o irregular Palmeiras, quinto colocado com 22 pontos (dois a menos que o rubro-negro).

Mais uma vez, prenúncio de bom público na Ilha do Urubu, que deverá aproveitar para saudar em grande estilo a chegada do goleiro Diego Alves. Bora pra Ilha, galera!!!

 

RUMO À BAIXADA!

E por falar em público, seria bom que o torcedor tricolor abraçasse seu time na próxima quinta-feira, quando o Fluminense irá receber o Cruzeiro no Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos.

A equipe quebrou, diante do Coritiba, um incômodo jejum de quatro jogos sem vitórias, mas ainda assim segue devendo boas atuações, enquanto o técnico Abel Braga trabalha no limite e vem mostrando domínio sobre o grupo. Foi assim quando ele improvisou o equatoriano Orejuela na zaga, após perder Igor Nogueira por lesão no Couto Pereira.

A vida não tá fácil pro Abelão!

 

 


Compartilhe

Deixe seu comentário

comentários

4.702 comentários em “Bruno Azevedo